Área de TI

Área de TI: qual a área mais bem paga e como iniciar em TI


O mercado de TI está em alta.

Aliás, por ser uma das áreas menos afetadas em situações críticas, como a crise sanitária do último ano, por exemplo, o mercado de TI está sempre em alta!

Como consequência do próprio avanço tecnológico em todo o mundo, pessoas especializadas para trabalhar neste setor são requisitadas o tempo todo e, quanto mais abrangentes forem suas experiências, melhor.

No conteúdo de hoje, falarei mais sobre a área de Tecnologia da Informação, sobre todas as ocupações que ela abarca e que habilidades um futuro profissional de tecnologia deve ter para se destacar no mercado de trabalho.

Vamos lá?

O que é a área de TI?

A área de TI, ou área de Tecnologia da Informação, é aquela responsável por gerenciar o fluxo de informações em redes de computadores de uma organização.

Estas informações, mais comumente conhecidas como dados, são administradas através de softwares, bancos de dados, hardwares, redes de segurança e outros elementos que compõem o escopo de atuação de um profissional de tecnologia.

O que faz um profissional de TI?

Um profissional de TI tem como missão promover o funcionamento das tecnologias necessárias para um bom fluxo de informação em redes de computadores.

Para isso, ele pode criar soluções, como um desenvolvedor web; atuar na manutenção de sistemas, como um DevOps; analisar dados para promover melhorias, como um analista de big data, entre outros.

Quais são as áreas de TI?

A tecnologia é ampla, e assim também o é seu mercado de trabalho.

É muito comum que, ao pensar em um profissional de TI, a primeira coisa que nos venha à mente seja um programador ou programadora, mas a verdade é que há muito mais áreas a serem exploradas por quem deseja mergulhar de cabeça neste universo.

Com a ascensão do uso de grande volume de dados, os profissionais voltados à esta frente estão em destaque, bem como as áreas de machine learning e inteligência artificial.

Abaixo, listarei os principais micros-setores da área de TI e quais as suas atribuições.

Administração de Redes

O(a) administrador(a) de redes é quem atua diretamente com o desenvolvimento de soluções voltadas a redes de servidores e data center.

Entre as suas funções estão: oferecer suporte, configurar, atualizar e fazer a manutenção de redes de clientes, bem como instalar novos hardwares e softwares cujas funções se voltem às melhorias destas redes.

Administrador de banco de dados

O administrador de banco de dados, ou os famosos DBAs, são aqueles responsáveis por manusear o database de uma organização, bem como fazer nele alterações, atuar na manutenção e na exclusão de dados.

Este setor está em alta devido à grande popularização dos bancos de dados, uma solução que se encaixa em diferentes necessidades e empresas de diferentes tamanhos.

Arquiteto de soluções Big Data

Aproveitando o gancho do tópico acima, quando falamos da administração de um grande volume de dados, damos a isto o nome de big data e, assim como os bancos de dados possuem seus próprios especialistas, o big data também possui.

O arquiteto de soluções Big Data é o profissional dedicado exclusivamente às tecnologias que permitem a análise de grandes quantidades de dados e faz, ainda, a ligação entre estas análises e outras áreas da empresa.

Business intelligence

O profissional de Business Intelligence, ou BI, é aquele que utiliza os dados disponibilizados pelo técnico acima para promover transformações a partir destes elementos informativos.

Em outras palavras, o BI é utiliza dados para produzir estudos, pesquisas, soluções internas, enfim, tudo aquilo que é possível gerar através de uma profunda e eficiente análise de informações.

Chief Technology Officer

O Chief Technology Officer, ou CTO, é um cargo de liderança almejado por muitos profissionais de TI.

Ele pode ser um desenvolvedor web, mas não precisa necessariamente ser um técnico em programação.

Este profissional é, geralmente, o líder de uma equipe de TI dentro de uma organização e é responsável por fatores como: implementação de projetos, interação produtiva entre a equipe, gestão de pessoas, produtividade do time em geral, além de relação mais direta com as classes hierarquicamente superiores na empresa ou até mesmo o próprio cliente.

Especialista em Cloud Computing

Nos últimos 5 anos a utilização do armazenamento em nuvem estourou no mundo todo.

Como consequência, as tecnologias disponíveis se sofisticaram e, hoje, existem até mesmo profissionais totalmente especializados somente neste nicho. São os especialistas em Cloud Computing.

Especialista em e-commerce

Se você não sabia o que era um e-commerce até 2020, com certeza descobriu após a crise do COVID-19.

E-commerces, ou lojas virtuais, são sites transacionais ou sites de vendas onde é possível escolher um produto e comprá-lo de maneira totalmente virtual.

Com o grande boom sofrido pelo setor no ano passado, muitos profissionais especialistas neste tipo de tecnologia foram requisitados.

Os especialistas em e-commerce podem ser programadores(as) muito capacitados para a construção destes sites ou técnicos em plataformas de vendas, como por exemplo VTEX, Magento, Tray, entre outras.

O mercado de trabalho deste profissional é bastante amplo.

Inteligência artificial

A área de inteligência artificial está em evidência, bem como os desenvolvedores e desenvolvedoras especializados em linguagens de programação muito utilizadas nela, como o Python, por exemplo.

Este tipo de tecnologia proporciona muitas coisas, como o buscador do Google, por exemplo, que utiliza a AI para trazer os resultados mais apropriados para seus usuários.

Programação

A programação, “pura e simples”, é a área que diz respeito ao desenvolvimento de softwares e aplicações web através de linguagens de programação.

Os programadores ou programadoras podem ser mais ou menos especializados em diferentes linguagens ou tipos de aplicações, como por exemplo sites, aplicativos, games, softwares internos, sistemas operacionais e etc.

Este é o profissional de tecnologia e a área mais popular entre jovens estudantes de tecnologia.

Programador mobile

O programador mobile, conforme dito acima, é um programador ou programadora especializado no desenvolvimento de aplicativos móveis, tanto para smartphones quanto para tablets (ou quaisquer outros dispositivos).

Com o número de celulares do tipo smart crescendo vertiginosamente entre os consumidores, este tipo de profissional torna-se cada vez mais requisitado e, consequentemente, bem remunerado.

Qualidade de Software

O profissional de qualidade de software é aquele que, através da definição de processos, é capaz de avaliar a qualidade de um software e também a mantê-la.

Uma das atribuições deste técnico é testar softwares desenvolvidos por outros profissionais e avaliar se eles atendem às necessidades dos clientes finais e/ou se correspondem ao que foi estipulado no projeto primário.

Segurança da Informação

Como dito algumas linhas acima, os dados são extremamente importantes dentro de uma organização, principalmente quando falamos de grandes empresas, de nível multinacional, e que lidam com informações sigilosas de seus clientes, como bancos, por exemplo.

Para que todos os fluxos de dados e informações destas empresas possam estar seguros, é necessário que elas também contem com uma área de segurança da informação.

Suporte técnico

Você já passou pela situação de estar utilizando algum tipo de tecnologia, em casa ou no trabalho e, de repente, ter algum problema que exigisse a intervenção de um técnico especializado?

A este tipo de auxílio damos o nome de suporte técnico, e seus profissionais são especializados em um tipo específico de serviço e oferecem, através de seus fornecedores, assistência autorizada a determinadas tecnologias.

Qual a área de TI mais bem paga?

Segundo uma pesquisa feita em 2020 pelo GeekHunter, os cargos de programação mais bem pagos são aqueles que exigem especialização, em ordem de importância, em:

  • Programação mobile
  • Front-end
  • Full Stack
  • Back-end
  • Scrum Master

Fugindo um pouco do nicho de desenvolvimento web, os micro-setores mais bem remunerados da área de TI são, segundo a revista Exame:

  • Arquitetos da Informação
  • Consultor de Sistemas
  • DBAs
  • Processadores de Dados
  • Administrador de Redes
  • Segurança da Informação
  • Infraestrutura
  • Desenvolvimento web e
  • Qualidade de software

O que um profissional de TI tem que saber?

Um profissional de TI tem que saber, fundamentalmente, aquilo que é exigido para a sua área de atuação.

A área de TI, como um todo, é bastante ampla e se divide em nichos menores que não necessariamente se comunicam entre si.

Nem todo profissional de Tecnologia da Informação sabe programar, por exemplo. Assim como nem todo programador(a) é capaz de administrar um banco de dados integralmente.

Antes de tentar descobrir o que um profissional de TI precisa saber é necessário decidir por qual caminho você seguirá. 

Deste modo, os conhecimentos se farão necessários por si só.

Quais habilidades o profissional de TI precisa ter?

Por conta de algumas características particulares da área de tecnologia, algumas habilidades são extremamente necessárias a um profissional que deseja atuar nela.

Abaixo, listamos as principais.

  • Adaptabilidade

Um profissional de TI deve possuir a adaptabilidade bem aprimorada porque a tecnologia é, por natureza, extremamente mutável e rápida em evolução.

Isso significa que, em pouquíssimo tempo, todos os seus conhecimentos podem se tornar obsoletos e novas técnicas surgirão – e você precisa estar pronto para se adaptar a elas.

  • Busca por conhecimento

Uma coisa que um jovem profissional de TI deve ter sempre em sua mente é que um especialista em programação nunca para de estudar.

As novas tecnologias surgem, todos os dias, umas atrás das outras, em uma grande velocidade e, para não perder seu posto, é preciso estar a par de tudo o que for necessário para a sua ocupação.

  • Compreender a indústria

Ascender em uma profissão sobre a qual você não possui grandes conhecimentos gerais é muito difícil.

Portanto, antes de ingressar no mercado de trabalho, aprimore seus conhecimentos básicos sobre a indústria e, ao dar seguimento à sua carreira, nunca deixe de observá-la.

  • Comunicação

Não somente na área de TI, mas em qualquer outra área, saber se comunicar para poder provar suas próprias habilidades é fundamental.

Além disso, para fazer parte de uma equipe e possuir um entrosamento produtivo, você também precisa se comunicar com seus colegas da melhor maneira possível.

  • Criatividade

Um profissional de tecnologia é, antes de tudo, um criador de soluções. 

E, por isso, nada melhor do que um bom exercício diário da própria criatividade para aprimorar as suas capacidades.

  • Dinamismo

Lidar com tecnologia é sinônimo de lidar com o movimento.

Para isso, ser um profissional dinâmico e proativo é fundamental para o sucesso nesta profissão!

  • Gestão de projetos

Para os técnicos que desejam alcançar postos de liderança – ou trabalham de modo autônomo –, um razoável conhecimento sobre gestão de projetos pode ser um grande diferencial curricular.

  • Línguas

Embora não seja necessário ser fluente em inglês para ser um programador, quase todas as linguagens de programação possuem sua sintaxe neste idioma, exigindo dos profissionais de tecnologia que o português não seja sua única língua.

Muitos materiais de estudo e atualizações sobre novas tecnologias também surgem primeiro em inglês.

  • Pensamento analítico

O escopo de trabalho de um profissional de TI é repleto de análises e avaliações sobre qual é o melhor caminho a se seguir. Portanto, ter um pensamento analítico afiado é imprescindível.

  • Trabalho em equipe

Ao buscar a solução para um determinado problema, nem sempre encontramos. E é aí que vemos a força do trabalho em equipe.

Uma investigação coletiva pode solucionar muitos obstáculos, uma vez que cada membro de um time possui uma visão diferente sobre o projeto. Para que isso aconteça, porém, todos estes profissionais devem possuir facilidade para trabalhar em conjunto.

  • Visão de negócios

Muitas vezes, desenvolver aplicações de valor vital para uma empresa, como plataformas de vendas online ou produtos vendidos diretamente ao consumidor final, exige que seu planejamento considere toda a visão de negócios desta empresa de maneira holística.

Principalmente para os profissionais que almejam alcançar cargos de liderança, trabalhar este tipo de visão é um diferencial.

Quanto ganha um profissional de TI?

O salário de um profissional de TI depende de muitas variáveis, sendo elas o nicho de atuação, região em que mora, qual o nível da empresa para a qual presta serviços e, é claro, seu grau de experiência.

Para os desenvolvedores e desenvolvedoras, mesmo nas regiões mais mal remuneradas, o cenário é bom.

No ano passado, segundo levantamento do GeekHunter, a região que melhor remunerava seus profissionais de tecnologia da informação no Brasil era a região metropolitana de São Paulo.

As demais cidades que possuem as melhores médias salariais são:

  • Barueri, média salarial de R$ 5.247,71
  • Florianópolis, média salarial de R$ 5.043,00
  • Brasília, média salarial de R$ 4.821,71
  • Rio de Janeiro, média salarial de R$ 4.742,67

Por onde começar na área de TI?

Bem, a resposta para esta pergunta é muito simples: estudando!

Se você tem o desejo de se tornar um(a) programador(a), no entanto, a Kenzie Academy Brasil é o seu lugar.

Com o nosso curso de programação full stack, você se torna um profissional totalmente capacitado para atuar no mercado de trabalho de tecnologia em apenas 12 meses!

Além disso, ainda conclui seus estudos com domínio das principais linguagens de programação do mercado para dar um start na sua carreira com o pé direito!

Conclusão

Seja qual for a sua habilidade mais particular, a área de TI com certeza tem um lugarzinho para você!

A Kenzie Academy é uma escola americana de programação, em que você estuda por 12 meses, em tempo integral, as principais linguagens e tecnologias do mercado para entrar no mercado de tecnologia atuando como um Full Stack.

Gostou do conteúdo e quer se tornar PROGRAMADOR DE VERDADE? A Kenzie tem a solução para você: o PROJETO DEV! O curso será nos dias 2, 3, 4 e 5 de AGOSTO e será uma semana de aulas gratuitas com um novo projeto pra lá de especial. Vamos codar em HTML e CSS a interface de um dos aplicativos mais usados no mundo!

Clique aqui e inscreva-se agora!

+8

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *