Como desenvolver a autonomia

Como desenvolver a autonomia de forma simples


Você se sente sem rumo na sua vida, como se o próximo passo pertencesse ao destino? Sempre, ou quase sempre, precisa da interferência  de terceiros para tomar uma decisão? No geral, não sabe como guiar uma rotina diária básica?

Talvez  o desenvolvimento da sua autonomia seja a coisa certa a se fazer neste momento.

Autonomia é a capacidade de tomar decisões e agir de acordo com seus próprios valores morais e desejos pessoais sem a total interferência de outros. Administrar seu tempo e organizar suas tarefas de acordo com sua própria análise, se baseando em fontes de informações confiáveis, sem gerar dependência.

Em um contexto geral, a autonomia é a capacidade que desenvolvemos para executar atividades cotidianas, sem a ajuda ou supervisão de outros. Por exemplo, se alimentar, escolher uma roupa, ir de um lugar para outro e manter a higiene são atividades básicas de sobrevivência que aprendemos para ter autonomia pessoal, e são incentivadas desde a infância por nossa família para que um dia possamos ser responsáveis por nós mesmos.

Conforme crescemos, nossa autonomia se torna cada vez mais necessária em outros âmbitos de nossas vidas, principalmente no desenvolvimento de nossa carreira profissional. A diferença, é que aqui, você não vai  ter ninguém falando exatamente o que deve ser feito e o que é melhor para você. 

Por isso, a independência é uma consequência do desenvolvimento da autonomia. Durante o processo da busca pelo sentido da autonomia individual precisamos entender que, para conseguir o que queremos, precisamos tomar as decisões certas e, mais do que isso, é preciso querer colocá-las em prática. 

Acredite ou não, de alguma forma, você já sabe o que quer, e se está com dificuldade de colocar seus planos em ação vou listar abaixo alguns pontos importantes para você conseguir ser responsável pelo seu futuro e começar um plano de ação feito por você e para você 🙂

1 – Descobrindo o mapa:

Para começar, precisamos identificar quais são seus desejos e o que você quer colocar em ação. Essa etapa é fundamental, pois serve como um mapa, em que vamos descobrir quais são seus principais valores, o que você realmente se importa e o que precisa desenvolver para conseguir tomar decisões completamente alinhadas com sua história.

O objetivo é colocar consciência em suas próximas escolhas. A forma como olhamos para o nosso futuro interfere de forma significativa na seriedade em como agimos no momento presente, e como interpretamos o passado também, onde aprendemos tudo o que sabemos até então!

Quando você pensa no seu eu do futuro, o que gostaria de ver? Como você quer que o seu futuro seja? O que você vai estar fazendo? Como você se sente?

2 – Modificando e formando hábitos

Como você viu, a autonomia é uma habilidade comportamental formada por um conjunto de bons hábitos. Agora, é hora de traçar um plano de ação para começar a desenvolver de vez a sua autonomia!

Agora que você já identificou quais são as principais diferenças entre quem você é hoje e quem deseja ser no futuro, já podemos dizer que é possível ver alguns caminhos que fazem sentido para você. 

Então, vamos identificar os hábitos que precisam ser modificados! Por exemplo: 

Se um dos seus objetivos é aprender uma nova linguagem de programação, você precisa selecionar um material de estudo, estabelecer um período diário de prática e leitura dentro da rotina que já tem, conversar com alguém da área, e talvez acordar mais cedo para conseguir encaixar todas as atividades no seu dia.

Diariamente, você vai precisar exercitar sua autonomia, fazer essas atividades que estão conectadas com o seu eu do futuro, e quebrar os hábitos que não estão alinhados com esse propósito. 

Para facilitar ainda mais essa etapa, eu trouxe duas dicas extras:

1. Mude um hábito por vez

É muito mais fácil quando você coloca seu foco e energia em um novo hábito por vez, assim você não se desgasta fazendo várias novas atividades ao mesmo tempo.

Isso pode gerar uma sensação de não estar fazendo nada certo, já que você ainda não concretizou essas atividades em sua rotina. O foco “correto” é quando você se dedica em uma coisa por vez.

Exemplo de quando você direciona seu foco em uma atividade por vez e quando faz tudo ao mesmo tempo.

2. Monitore o seu progresso mínimo

Acompanhe diariamente cada pequena mudança. Dessa maneira, você consegue identificar seu progresso e evita a frustração.

Sugiro usar um habit tracker para poder visualizar e interagir com seu planejamento. Você pode fazer do seu jeito, mas é importante ser bem específico nos hábitos que você quer concretizar, por exemplo: se você quer ler todo dia, não coloque apenas “ler”, pois isso é muito vago, é muito mais  efetivo colocar “ler por 30 minutos”.

3. O segredo é o tempo

O principal fator no desenvolvimento de qualquer mudança, é o tempo. Então seja paciente consigo mesmo e se dê esse tempo. Não ache que suas novas habilidades estarão desenvolvidas de um dia para outro, principalmente quando falamos da autonomia. 

Conforme você reorganizar seus hábitos, de uma forma com que eles estejam alinhados para te levar onde seu desejo quer ir, com o tempo, esse será seu novo hábito, e estará aplicado em todos os aspectos da sua vida, de forma automática.  

Relembrando que querer ser uma pessoa com autonomia, é querer ser uma pessoa responsável por si. 

Em conclusão, com as informações deste texto você tem todas as orientações para começar. O primeiro passo é realmente querer desenvolver esses novos hábitos que vão te fazer chegar mais longe em sua carreira! Agora é com você. Espero ter te ajudado! 🙂

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de desenvolver suas soft skills para entrar de vez na área de programação, eu recomendo você conhecer o curso da Kenzie Academy Brasil!

A Kenzie Academy é uma escola americana de programação, em que você estuda por 12 meses, em tempo integral, as principais linguagens do mercado para entrar no mercado de tecnologia atuando como dev Full Stack.

Leia também:

+4

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *