grupo de pessoas discutindo a melhor maneira de programar em equipe

Como programar em equipe: 5 dicas valiosas para seu projeto

Grande parte do trabalho feito nas empresas de tecnologia, como Google, Amazon, Apple, Microsoft e Facebook, é feita de forma colaborativa e em equipe. Tais empresas acreditam que, para o sucesso do negócio, essa é uma ferramenta essencial. Assim, é possível ter noção do quão importante é o trabalho em equipe, então, eu te pergunto: você sabe trabalhar em equipe? Ou como programar em equipe?

Hoje, gostaria de compartilhar minha experiência como Tech Lead, dentro de um projeto da Kenzie Academy Brasil. Aqui, desde o primeiro módulo, todos os alunos são submetidos a diversos trabalhos em grupo, tendo como primeiro projeto a ser desenvolvido, o  Lig-4.

Contarei, a seguir, minha experiência nessa atividade e também 5 dicas para você ter sucesso trabalhando em equipe.

Basicamente, o projeto consistiu em recriar o Lig-4, num curto período de tempo, em um grupo de 4 pessoas. Mas afinal, o que é o Lig-4? É um jogo de tabuleiro, cujo objetivo é colocar 4 discos em linha (podendo ser na horizontal, vertical ou diagonal), e impedir que o adversário consiga fazer antes que você.

Neste projeto, tive o papel de Tech Lead, sendo responsável em coordenar o trabalho e garantir que a entrega seja concluído dentro do prazo e de acordo com a expectativa do cliente. Tivemos desafios? Claro que sim! Foi tudo fácil? Não. Pensando nisso, elaborei este artigo para ajudar você que vai passar pela experiência de trabalhos em equipe, com boa dicas para otimizar ainda mais o seu projeto.

1. Entender o problema

Antes de colocar a “mão na massa” de fato, é preciso que todos os integrantes do projeto entendam com o que estão lidando e “estejam na mesma página”. No caso do Lig-4, era de extrema importância conhecer as regras do jogo e seu funcionamento, e somente depois iniciar a escrita dos códigos. Então, em nossa primeira reunião, fiz com que todos do grupo jogassem o game para se familiarizar.

Sendo assim, ficou muito mais fácil entender o que era preciso ser feito.  Apesar de parecer uma dica simples, gostaria de ressaltar a importância de entender o problema antes de buscar a solução. Isso porque muitos desenvolvedores deixam para entender o problema durante a codificação, deixando o processo mais demorado e passível de mais erros.

E aí? Consegue imaginar qual será minha próxima dica?

2. Planejamento

Se você pensou em planejamento, você acertou! O planejamento é a etapa estrutural do projeto em que definimos a estratégia de trabalho e as funções que cada um irá exercer.

Os desenvolvedores, quase sempre, são alocados para desempenhar a função que mais dominam. Porém, seguindo o objetivo da Kenzie Academy, que é formar excelentes profissionais, decidi fugir um pouco do padrão no Lig-4. Por quê?

Durante o processo de aprendizagem, percebi que muito alunos tendem a se “sabotar”, estudando somente aquilo que gostam ou têm facilidade, deixando de lado vários outros assuntos, que podem ser importantes para sua formação. Então, com o objetivo de tirá-los da zona de conforto, deixei eles responsáveis por áreas em que  apresentavam mais dificuldades. Dessa maneira, os integrantes do time poderiam explorar novas áreas, que ainda não dominavam, mas que poderiam aprender mais!

3. Comunicação

Essa dica, na minha visão, é a base de todo trabalho em equipe, pois sem ela, tudo pode virar um verdadeiro caos. Quem nunca passou por problemas do tipo: “Por que você fez a minha parte do trabalho?”, “Eu já fiz essa parte, por que você fez?”, “Por que ninguém fez isso?”, “Era pra enviar tal dia”, “Não era pra você ter feito assim”, “Por que você não pediu ajuda?”, “Por que entregou só agora?”.

É bem importante ter reuniões de alinhamento para saber as dificuldades dos colaboradores, no que estão trabalhando e como está a evolução. O meu time do Lig-4 não ficou de fora dessa rotina: diariamente fizemos encontros na parte da manhã abordando esses assuntos. Quando percebemos alguma dificuldade, priorizamos a solução desses problemas para posteriormente dar continuidade ao desenvolvimento do projeto.

Não seria melhor se, em seu ambiente de trabalho, fosse possível falar suas dificuldades e, caso necessário, pedir ajuda, sem se sentir mal por isso? Ou culpado por perguntar?

Na minha experiência como Tech Lead, percebi que, ao proporcionar, em nossas reuniões, um ambiente agradável, ou seja, onde os integrantes possam falar abertamente sobre seu progresso e, inclusive, desafios, favoreceu o andamento do projeto e a união da equipe.

É claro que isso só foi possível por meio do comprometimento de cada um, principalmente ao escutar os feedbacks, o que me leva à próxima dica!

4. Comprometimento

Trabalhando em grupo, você vai precisar dos seus parceiros da mesma forma que eles precisarão de você e, por isso, o comprometimento deve ser de todos.

Os desenvolvedores trabalham com prazos e atrasar um projeto não é nada legal, pode prejudicar a imagem da sua equipe perante a empresa e o cliente, concorda? Imagine se o atraso for causado por conta de um colega, ou pior, pelo fato de você não ter entregue a sua parte?

Fora isso, os atrasos também podem gerar o acúmulo de tarefas para alguns integrantes do time, porque eles terão que trabalhar a mais para realizar o serviço pendente, priorizando que o projeto seja entregue na data prevista.

Portanto, o comprometimento é o princípio da minha próxima e última dica!

5. Busque e seja mais

Essa dica me leva a duas frases que meu tio constantemente me falava: “Em seu serviço, não faça apenas o que te pedem, busque sempre fazer mais” e “Você não precisa ser o melhor, mas esteja entre os melhores”. Em resumo: procure ajudar sua equipe e não se acomode fazendo o mínimo, continue estudando e a todo momento lute pelo sucesso de sua empresa, pois assim você também será bem sucedido!

E aí o que achou? Essas foram as 5 dicas essenciais que observei para o sucesso da minha equipe no projeto Lig-4: Entender o Problema, Planejamento, Comunicação, Comprometimento e Buscar Mais. Espero que este artigo também te ajude a entender melhor como trabalhar em equipe!

Leia também:

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de entrar na área de programação, eu recomendo você conhecer mais sobre a Kenzie!
A Kenzie Academy é uma escola americana de programação para desenvolvedores, em que você estuda por 12 meses, em tempo integral, as principais linguagens do mercado para entrar no mercado de tecnologia atuando como um Full Stack.
Clique no link e saiba maishttps://participe.kenzie.com.br/

0
Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *