Curso de programação para iniciantes

Curso de programação para iniciantes: como escolher o melhor?


Na hora de dar o passo que definirá o futuro da nossa carreira, é comum que experimentemos sensações como insegurança, receio e hesitação.

Em grande parte das vezes, isso acontece justamente na hora de escolher o curso ou graduação que nos certificará, uma decisão de peso que merece muita ponderação.

Se você deseja se tornar um desenvolvedor ou desenvolvedora de software, saiba em nosso conteúdo de hoje como escolher a melhor instituição e como aproveitar ao máximo o que você aprenderá ao longo da sua formação.

Vamos nessa?

O que é programação e para que serve?

Programação ou desenvolvimento web é o nome que damos ao processo de planejamento, criação, teste e manutenção de aplicações que podem, ou não, serem desenvolvidas para internet.

Este processo ocorre através da linguagem de programação, uma espécie de idioma técnico somente reconhecido por máquinas que possibilita o uso e o funcionamento destas aplicações.

As aplicações web mais comuns criadas por programadores(as) são sites, aplicativos, softwares, bancos de dados, jogos e sistemas operacionais.

O que faz um programador?

Um(a) programador(a) ou desenvolvedor(a) web é o profissional capacitado para manusear as linguagens de programação citadas no tópico acima.

Este é o profissional responsável por todo o processo de desenvolvimento de uma aplicação, desde o seu mais tenro planejamento até as frequentes manutenções que virão a ser feitas após a sua conclusão e entrega.

Um programador ou programadora pode exercer cargos de diferentes níveis hierárquicos dentro de uma equipe de TI, sendo eles júnior, pleno ou sênior, chegando a cargos de liderança.

O que pode ser feito com programação?

A programação trouxe ao universo virtual um mar de possibilidades.

Quanto mais sofisticadas as tecnologias e linguagens ficam, mais oportunidades temos de construir aplicações cada vez melhores e mais úteis.

De modo geral, os usos mais comuns de programação estão na lista abaixo:

Sites

Esta talvez seja a primeira coisa que vá passar pela cabeça de quem ouve falar em programação, e de fato construir sites é uma prática muito popular dentro do escopo de trabalho dos profissionais de tecnologia.

Há não muito tempo atrás, todos os sites da web eram estáticos e baseados somente em HTML.

No meio da década de 90, com o surgimento do JavaScript e do CSS, eles ganharam mais dinamismo e diferentes funcionalidades. Desde então, as tecnologias voltadas à construção cada vez mais sofisticadas e páginas na web tem se aperfeiçoado cada vez mais.

Aplicativos

O advento dos smartphones não revolucionou somente a maneira como nos relacionamos com a internet, mas também a própria forma que a internet tem.

A partir disso, os navegadores não eram a única maneira de interagir com páginas da web, entram em cena os aplicativos.

Hoje, muito mais ágeis e úteis do que no início de tudo, os aplicativos são quase tão acessados quanto os sites e, a depender do serviço prestado, são muito mais interessantes.

Jogos

O mundo gamer é um universo repleto de apaixonados, e com os programadores e programadoras que resolveram adotar este estilo de vida como profissão, não é diferente.

O ramo de jogos é um dos mais bem remunerados do mercado de tecnologia e, com interfaces gráficas cada vez mais refinadas, atrai cada vez mais profissionais.

Ferramentas diversas

Além de sites, aplicativos e jogos, outros diversos pequenos recursos que utilizamos em nosso dia-a-dia também são frutos do trabalho de um(a) desenvolvedor(a) web.

Estão entre eles dispositivos eletrônicos, eletrodomésticos inteligentes, sistemas de segurança, ferramentas de reconhecimento facial e de impressão digital, entre outros.

Basicamente, tudo o que funciona através de um planejamento que envolve um ser humano e uma linguagem de programação.

Sistemas operacionais

Os sistemas operacionais, que rodam em smartphones, computadores, smart watches e etc também são desenvolvidos por programadores(as)

Os mais comuns sistemas operacionais do mercado hoje são o Windows, Mac OS e GNU/Linux.

Para dispositivos móveis, temos o Android e iOS.

Como iniciar na programação?

Se você deseja se tornar um programador ou programadora de sucesso, precisa compreender, em primeiro lugar, que um profissional de tecnologia nunca para de estudar.

Como consequência óbvia do próprio avanço tecnológico, que está sempre evoluindo e se otimizando, também o profissional desta área deve estar sempre pronto para manipular as mais recentes inovações.

Para isso, no entanto, é necessário adquirir uma base sólida de conhecimentos básicos que servirão de apoio para os conhecimentos mais específicos.

Abaixo, listarei os pontos mais fundamentais na construção da formação de um desenvolvedor ou desenvolvedora web.

Aprenda lógica de programação

As diferentes linguagens de programação do mercado podem possuir diferentes especificidades, mas a lógica por trás de todas elas é a mesma, e a ela damos o nome de lógica da programação.

A lógica da programação serve para que um estudante possa aprender a pensar e refletir como um programador, especialmente na hora de planejar o funcionamento de uma aplicação e resolver problemas.

Aprenda diferentes linguagens de programação

Para expandir seu leque de soluções, nada mais eficaz do que, de fato, aprender a manipular diferentes linguagens de programação.

É claro que sempre haverá uma linguagem de maior identificação em que você se tornará especialista, mas um conhecimento básico sobre as principais é essencial.

Pratique e ganhe experiência

Ganhar experiência é extremamente necessário, e não somente para quem deseja se tornar um(a) programador(a), mas para qualquer profissional.

É a experiência que aperfeiçoará a sua capacidade de raciocínio e definirá, em algum momento, até mesmo a sua faixa salarial.

Por isso, não perca oportunidades de treinar, conhecer profissionais mais versados, investigar soluções, participar ativamente da sua comunidade de programadores(as) e, é claro, de trabalhar.

Se especialize

Como eu disse acima, ter um conhecimento básico sobre as linguagens de programação mais populares do mercado é muito importante, mas ser especialista também é um grande diferencial.

Como diz o ditado popular, quem é especialista em tudo não é especialista em nada, portanto na hora de escolher uma tecnologia em que você deseja ser um verdadeiro expert, não poupe esforços.

Vá fundo e seja o melhor!

Qual é a melhor linguagem de programação para iniciantes?

Há muitas linguagens de programação interessantes para quem deseja começar a estudar, mas algumas são bastante conhecidas por sua sintaxe simples e sua versatilidade, como por exemplo o JavaScript e o Python.

De modo geral, o JS é sempre a linguagem de programação utilizada para se ensinar lógica de programação, sendo uma das primeiras que os estudantes aprendem, depois, é claro, de HTML e CSS.

Outras linguagens relativamente populares entre jovens em início de carreira são C / C++, Java e Ruby.

Quais as 5 linguagens de programação mais usadas?

Segundo levantamento da DevMedia, lançado no final de 2019, as 5 linguagens de programação mais utilizadas no mercado são:

  1. JavaScript
  2. Python
  3. Java
  4. C#
  5. PHP

Qual o melhor curso de programação para iniciantes?

O melhor curso de programação é aquele que mais corresponde às necessidades do estudante.

Esta escolha depende da ponderação de pontos de muita relevância, como:

  • Qual o meu objetivo profissional?
  • Em que tipo de tecnologia desejo me especializar?
  • Pretendo atuar como front ou como back-end?
  • Através de qual regime de contratação pretendo oferecer meus serviços?
  • Já tenho alguma experiência no mercado de trabalho de modo geral ou nunca trabalhei antes?


A partir destas respostas, será mais fácil determinar qual o curso ideal para você.

Existem, hoje, cursos de graduação em instituições formais cujo objetivo é formar profissionais de tecnologia, mas que podem não corresponder às expectativas de quem deseja se especializar em uma tecnologia muito recente, por exemplo.

Por outro lado, caminhos como escolas especializadas em formar programadores(as) muitas vezes oferecem um suporte de aprendizado mais completo, com conhecimentos mais atualizados e instrutores mais experientes no mercado.

Alguns pontos a serem observados na hora de tomar esta decisão são:

Muito mais que só teoria

Programar é algo que se aprende programando

Apesar da teoria ser muito importante na curva de aprendizado de um iniciante, é preciso colocar a mão na massa para compreender de maneira prática o que ela significa.

Por conta disso, priorize cursos que possuem aulas práticas em sua grade curricular.

Carga horária de acordo com exigência do mercado

Na hora de comparar os cursos, preste atenção em qual deles possui uma carga horária de acordo com a exigida pelo mercado em que você quer atuar.

Melhor custo benefício

Nem todo curso caríssimo é o melhor, assim como nem todo material gratuito é isento de qualidade.

O importante é o equilíbrio entre as duas coisas, que comumente chamamos de custo-benefício.

Escolha um curso que vale o que de fato cobra e procure absorver absolutamente tudo o que ele oferece. Deste modo, o investimento será válido e seus frutos serão vistos de maneira prática.

Onde fazer um curso de programação para iniciantes?

O curso de programação full stack da Kenzie Academy foi especialmente desenvolvido para iniciantes que não possuem nenhuma experiência de mercado, indo dos conhecimentos mais básicos até os mais complexos, como manuseio de frameworks e outras tecnologias.

Além disso, ele auxilia jovens que não possuem nenhuma familiaridade com o mercado de trabalho, tendo em seu currículo disciplinas como Treinamento para entrevistas técnicas, Gestão de tempo e produtividade, Desenvolvimento de autonomia, Mapeamento de competências e Planejamento de carreira!

Com a Kenzie, você estará totalmente capacitado para atuar como um programador ou programadora web em apenas 12 meses.

Conclusão

Na hora de escolher qual será o caminho que te levará ao topo da sua carreira, reflita primeiro sobre quais são os objetivos que você deseja alcançar durante a caminhada.

Para isso, estude, compreenda e troque informações com profissionais mais experientes que você.

Para todo o resto, conte com a Kenzie!

A Kenzie Academy é uma escola americana de programação, em que você estuda por 12 meses, em tempo integral, as principais linguagens e tecnologias do mercado para entrar no mercado de tecnologia atuando como um Full Stack.

Gostou do conteúdo e quer se tornar PROGRAMADOR DE VERDADE? A Kenzie tem a solução para você: o PROJETO DEV! O curso será nos dias 2, 3, 4 e 5 de AGOSTO e será uma semana de aulas gratuitas com um novo projeto pra lá de especial. Vamos codar em HTML e CSS a interface de um dos aplicativos mais usados no mundo!

Clique aqui e inscreva-se agora!

0

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *