HTTPS: guia completo sobre como funciona e suas vantagens

HTTPS: guia completo sobre como funciona e suas vantagens

A internet não é mais um ambiente distante em que só temos acesso uma vez ou outra.

Há poucos anos, e principalmente nos últimos meses, vimos a internet romper barreiras e entrar em nossas vidas e casas, como protagonista.

Fazemos compras, trabalhamos remotamente, fazemos consultas médicas e até mesmo estudamos a distância!

Por conta do grande fluxo de informações entre nós e os serviços que nos são prestados através da internet, a segurança tornou-se um fator imprescindível a ser oferecido pela indústria tecnológica.

Com o objetivo de garantir uma troca de informações segura entre computador e servidor final e transmitir esta proteção aos usuários de um site, foi criado o Certificado SSL.

No artigo de hoje, explicarei um pouco melhor o que significa este certificado, o que é HTTPS, como ele protege o site e o usuário e como adquiri-lo.

Vamos lá?

O que é HTTPS?

HTTPS é a versão segura do HTTP.

Mas, para que isso faça um pouco mais de sentido, explicarei antes o que exatamente é este famoso HTTP.

O HTTP, ou hypertext transfer protocol,  é um protocolo que permite que o seu computador e o servidor de um site troquem informações.

Este protocolo, em suma, é a regra responsável pelo carregamento de informações de todos os tipos em uma máquina, mais especificamente em um navegador web. Em outras palavras: é ele quem permite que você possa visualizar uma página na internet.

É esta a parte da comunicação entre computador e servidor encarregada pela recepção do conteúdo.

Mas, se ambos HTTP e HTTPS se referem a este protocolo, o que exatamente significa este segundo ser a versão segura do primeiro?

Como funciona o HTTPS e como ele te protege?

Para que fique mais claro, vamos a um exemplo do uso da criptografia pelo HTTPS:

Imagine que, ao acessar um e-commerce e escolher comprar um determinado produto, você seja direcionado à página de pagamento para imputar informações do seu cartão de crédito.

As informações descritas nesta página precisam ser enviadas ao servidor deste e-commerce para que, então, possam ser processadas e darem seguimento à compra.

Caso esta página não esteja protegida pelo HTTPS, o envio dessas informações fica desprotegido, o que pode torná-lo alvo de uma interceptação hacker cujo objetivo seja roubar estes dados.

Com o HTTPS, porém, estes dados são encriptados antes de serem enviados — ou seja, são transformados em uma mensagem compreensível apenas para o servidor.

Isso significa que, ainda que estes dados possam ser acessados, eles estão disfarçados sob um código que só pode ser desvendado pelo servidor do e-commerce onde a compra foi feita.

Isso diminui de maneira significativa as chances destes dados serem roubados por bisbilhoteiros virtuais.

O que significa a sigla SSL?

SSL (Secure Sockets Layer), funciona como seu próprio nome sugere, feito uma camada de segurança adicionada sobre uma página.

Esta camada de segurança que recai sobre um site funciona como uma espécie de isolador de informações. A grosso modo, permite que uma máquina e um servidor web conversem entre si de maneira estritamente privada.

Esta tecnologia de segurança é utilizada em todo o mundo e tem se mostrado extremamente eficaz em proteger dados confidenciais. Por esta razão tornou-se a tecnologia de segurança padrão para sites em todo o mundo.

Mas, além de criptografar dados, o Certificado SSL também tem a função de atestar a identidade real de um site, garantindo a seus usuários que eles não estão navegando em um ambiente falso ou ilegítimo.

Este certificado é um pré-requisito básico de investimento se você deseja transmitir aos seus visitantes o quão seguro o seu site é.

Por que é necessário um Certificado SSL?

O Certificado SSL é importante não só porque torna o seu site irrefutavelmente seguro, mas porque também transmite essa credibilidade ao seu cliente.

Abaixo, você lerá alguns dos maiores motivos pelos quais o Certificado SSL é de extrema importância para quem deseja administrar um site de qualidade na internet de hoje.

Estar de acordo com os padrões da indústria

Se você tem um site de vendas ou, no mínimo, faz alguma captação de clientes ou leads através de uma página na internet, deve estar de acordo com os padrões da indústria na hora de competir com seus concorrentes.

Um destes padrões, é a segurança do seu site.

Ver o HTTPS como uma necessidade de segundo plano pode custar caro para quem deseja competir com outros players do mercado em pé de igualdade, uma vez que a segurança é um importante fator de decisão para quem é cliente.

Garantir confiabilidade

Em todos os aspectos da vida de um ser humano, a credibilidade é absolutamente decisiva.

Não compramos em uma loja que não nos transmite segurança da mesma maneira que não nos consultamos com um médico que não nos deixa seguros e não ingerimos alimentos cuja procedência nos cause desconfiança.

Imagine que, ao estar em dúvida sobre o seu serviço e o serviço do seu concorrente, o último critério de avaliação de um potencial consumidor seja a confiabilidade que a sua marca demonstra.

Se o seu site não for seguro e o do seu concorrente for, prepare-se para perder uma oportunidade.

Melhora no SEO

A confiança é parte importante de um dos maiores fatores de rankeamento do Google, conhecido como E-A-T.

Em inglês expertise, authority and trustworthiness, o conceito de E-A-T avalia um site com base em três pilares fundamentais: a expertise de quem escreve (ou seja, seu nível de especialidade e experiência em determinado assunto), a autoridade de domínio e a confiança que ele transmite.

A regra é clara: um site que não demonstra segurança, não será bem avaliado pelo maior e mais importante buscador do mundo.

Fornecer autenticação

Quando um site obtém seu Certificado SSL, ele também possui outro atestado de proteção, chamado Certificado de Servidor.

Esta proteção garante aos usuários que o provedor do SSL é confiável, autenticando mais uma vez a segurança deste domínio.

Como saber se um site utiliza certificado SSL?

Para averiguar se o site que você está acessando possui HTTPS, basta reparar se, ao lado esquerdo do seu domínio, na barra de endereços do navegador, há um cadeado cinza, como no exemplo abaixo:

A presença deste ícone diz ao visitante que este site é seguro.

No navegador Chrome, ao clicar em cima deste cadeado, uma série de informações acerca da segurança deste domínio é emitida, como a validade de seu Certificado:

Ao acessar um site não seguro, o mesmo box avisa o usuário de que aquela navegação está desprotegida.

Qual a diferença entre HTTPS e HTTP?

A diferença entre HTTP e HTTPS é que este segundo está acrescido de um importante recurso de segurança: a criptografia de dados. A capacidade de criptografar dados é embutida neste protocolo a partir do Certificado SSL.

Em outras palavras, o HTTPS protege as informações pessoais que um usuário cedeu a um determinado site.

A seguir, explicarei mais detalhadamente:

  • HTTP é denominado como inseguro, enquanto o HTTPS é considerado seguro. 
  • HTTP funciona na camada de aplicação, enquanto HTTPS funciona na camada de transporte. 
  • HTTP não necessita de certificados, já o HTTPS requer certificados SSL.
  • HTTP não utiliza criptografia, enquanto no HTTPS os dados são criptografados antes de serem enviados. 

Como instalar o certificado SSL?

A transição para o HTTPS pode ser realizada de maneira simples, inclusive em sites já existentes. Confira abaixo quais são as etapas mais necessárias:

Defina o certificado de sua preferência

Existem diversos fornecedores que oferecem o certificado SSL, transformando o seu site em um HTTPS. Busque uma organização de confiança e conhecida, evitando assim possíveis problemas com certificados falsos. Provavelmente o serviço de hospedagem que você já usa atualmente, deve ofertar essa transição.

Faça os ajustes necessários

Ao realizar a mudança de HTTP para HTTPS, é necessário ter cautela para que o processo seja totalmente eficaz. Quando se trata do rankeamento e das plataformas do Google que você utiliza, é essencial prestar atenção em fazer essa alteração nestas: 

  • Google Tag Manager;
  • Google Search Console (não desabilite o antigo perfil);
  • Google Analytics. 

Também será necessário atualizar todas as URLs do site. 

Faça redirecionamento

Com o redirecionamento, assim que alguém digitar o endereço antigo, será direcionado para a nova URL. Outro caso que ocorre muito, é o de páginas que com o passar do tempo deixam de existir, inclusive no caso de eventos temporários. 

Confira abaixo algumas opções de redirecionamento:

  • Redirect 301: “fala” para o Google que aquela página foi transferida permanentemente para a nova URL. 
  • Redirect 302: quando a página é movida temporariamente pelo redirect.
  • Redirect 307: da mesma forma que o 302, é um redirect temporário, sendo considerado por muitos crawlers como o 302
  • Redirect 308:  o código de resposta do status de redirecionamento 308 

Redirecionamento Permanente do Protocolo de Transferência de Hipertexto (HTTP) indica que o recurso requisitado foi movido definitivamente para o URL dado pelo cabeçalho Localização.

 O navegador redireciona para essa página e o motor de busca atualiza os seus links para o recurso. 

Conclusão

Através deste conteúdo apresentamos como funciona o HTTPS e quais suas vantagens, também é importante ressaltar que o uso dele nos traz muita segurança, pois ele é uma solução para proteger sites e usuários de acessos e escutas ilegais.

A segurança de uma operação que envolve informações confidenciais de um usuário é absolutamente necessária, não só para este usuário mas também para o site que está sendo visitado por ele.

Então, se você possui um site, não deixe a credibilidade do seu site para segundo plano: obtenha já o seu HTTPS!

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de entrar na área de programação, eu recomendo que você faça a sua inscrição na Kenzie Academy Brasil. Estude Desenvolvimento Full Stack e só pague quando estiver formado. Faça já a sua inscrição.