Linguagem de programação para iniciantes, qual a melhor?

Linguagem de programação para iniciantes, qual a melhor?


Iniciar uma nova carreira pode ser bastante assustador.

Seja você já experiente ou um estudante dando seus primeiros passos no mercado de trabalho, o caminho das pedras para se tornar um profissional qualificado exige muito esforço.

No entanto, para os que pretendem ingressar na área de tecnologia e desenvolvimento de software, o caminho do conhecimento é gradual.

Ao começar a compreender as técnicas e linguagens de programação, é possível começar das mais simples até as mais complexas.

No conteúdo de hoje, falaremos sobre as linguagens de programação para iniciantes e quais são as tecnologias mais utilizadas do mercado por quem está começando no setor.

Vamos lá?

O que eu preciso para começar a programar?

Antes de qualquer outra habilidade, para começar a programar é preciso ter vontade e muita dedicação.

A especialização de um profissional de programação começa pela persistência e pela firmeza em estudar com constância, diariamente , até que o domínio de uma linguagem esteja plenamente desenvolvido.

Mas, além de foco, para começar a programar você precisará de algumas soft skills (competências) que podem favorecer muito seu ingresso no mercado de trabalho.


São  elas: bom  relacionamento interpessoal para trabalho em equipe, comunicação clara e assertiva, raciocínio rápido, facilidade para trabalhar sob pressão, criatividade para a criar soluções, boa organização, praticidade e agilidade na tomada de decisões.

Qual a melhor linguagem de programação para iniciantes?

Como dito algumas linhas acima, existem algumas linguagens de programação bastante interessantes para quem ainda não conhece a fundo tudo o que é exigido pelo mercado.

Seja por possuir uma sintaxe mais simples do que o usual ou por serem linguagens versáteis, elas costumam ser a porta de entrada dos estudantes para o maravilhoso mundo do desenvolvimento de software.

Abaixo, listarei as mais populares do mercado.

Python

O Python,  foi eleita a linguagem de programação em que as(os) desenvolvedoras(es) mais desejam se especializar, segundo dados da StackOverflow Survey, é, hoje, uma das principais linguagens de programação da área de TI e, simultaneamente, uma das preferidas dos novatos.

Isso acontece porque, por sua própria filosofia de origem, ela foi criada para facilitar a vida do programador e beneficiar seu esforço em detrimento do esforço da máquina.

Com uma sintaxe simples e uma curva de aprendizado rápida, ela está nas grades curriculares dos melhores cursos de programação, inclusive da Kenzie Academy Brasil.

JavaScript (JS)

O JavaScript é uma das linguagens mães da internet e, criada em meados dos anos 90, é parte fundamental de tudo o que conhecemos hoje como dinamismo em páginas da web.

Em conjunto com o HTML e o CSS, as principais linguagens de marcação utilizadas na base do desenvolvimento de sites, o JavaScript representou uma verdadeira revolução na forma como as páginas eram visualizadas na internet.

Ao trazer elementos mais animados e funcionalidades mais rápidas, ele mudou para sempre o mercado de tecnologia da informação.

Java

O Java, muitas vezes confundido com o JavaScript, é uma linguagem de programação orientada a objetos cuja função é facilitar a vida das desenvolvedoras e desenvolvedores ao permitir que eles escrevam determinados tipos de códigos uma única vez.

Por ser executável em qualquer dispositivo e/ou plataforma, é uma linguagem extremamente popular e está presente em quase tudo o que você vê na internet.

Ruby

Linguagem que ganhou grande popularidade nos últimos anos, o Ruby, assim como o Python, é conhecido por possuir uma sintaxe simples e fácil de ser compreendida até mesmo por leigos no assunto.

Assim como o Python, também conta com a vantagem de possuir diversas bibliotecas e frameworks que expandem suas capacidades e funcionalidades.

C e C++

Uma das linguagens de programação mais antigas do mercado, o C / C++ é uma das primeiras linguagens a serem aprendidas nos cursos formais de tecnologia.

Muito utilizada para o desenvolvimento de jogos por ser uma linguagem leve e extremamente rápida, com certeza possuir conhecimentos de C e C++ será um grande diferencial no seu currículo.

Go

O Go é uma linguagem de programação de alto desempenho gerenciada e mantida pelo Google desde 2009, o que a torna uma tecnologia bastante popular, nova e em grande ascensão.

Especialmente utilizada em aplicações que necessitam de alto desempenho por sua rapidez e por sua capacidade de permitir que diversas tarefas possam ser executadas simultaneamente.

HTML e CSS

O HTML e o CSS, conforme mencionado no tópico de JS, são duas linguagens de marcação extremamente importantes na formação dos pilares mais básicos da construção de páginas da web.

O primeiro, cujo sigla significa Hypertext Markup Language, tem como objetivo marcar o conteúdo de uma página e hierarquizá-la dentro de uma página.

O HTML é o principal construtor de páginas simples da web e, até hoje, constitui a base de quase todas as páginas que visitamos.

O segundo, cuja sigla significa Cascading Style Sheets, veio para complementar as páginas estáticas desenvolvidas com o HTML e estilizá-las.

Ao adicionar elementos visuais às páginas e aplicações, a entrada do CSS no mercado também foi um grande divisor de águas para a comunidade programadora.

Linguagens de programação para o mercado de 2021

Apesar de algumas linguagens serem muito importantes para o desenvolvimento de importantes habilidades e raciocínios, nem todas elas estão em alta no mercado atualmente.

Para te ajudar a saber quais são essas tecnologias, listaremos hoje algumas das principais linguagens de programação mais utilizadas em 2021.

HTML e CSS

A atual popularidade do HTML e do CSS é a prova de que os clássicos nunca morrem.

Apesar de serem utilizadas há anos, elas continuam atualizadas e estão, hoje, em suas versões HTML 5 e CSS 3.

Essas duas linguagens de marcação são, portanto, tão relevantes hoje quanto eram há alguns anos e necessárias ao currículo de qualquer programador(a).

JavaScript

Por estar em constante evolução e receber centenas de melhorias todos os anos, o JavaScript ainda é uma das mais utilizadas linguagens de programação do mercado de TI.

Essa linguagem,  foi desenvolvida para atuar somente no client-side, ou seja, em front-end, hoje já pode, inclusive, ser aplicada em alguns códigos back-end, o que prova que a sua expansão ainda tem muito a caminhar.

Phyton

A grande popularidade do Python, hoje, se refere principalmente ao seu uso muito frequente nas áreas de machine learning e inteligência artificial.

Usada na criação de algoritmos e aplicações de Data Science, o Python logo se popularizou entre profissionais que não necessariamente são desenvolvedoras(es) web.

Quanto tempo leva para aprender uma linguagem de programação?

A resposta para essa pergunta depende de diversas variáveis. 

Entre elas, o tempo diário que o estudante pode se dedicar ao aprendizado, metodologia de ensino (instituição formal, escola de programação, autodidatismo, etc.), objetivos para o ingresso no mercado de trabalho e, inclusive, se há ganho de experiência prática simultâneo aos estudos.

Em média, podemos dizer que  estudantes de programação podem aprender o básico de uma linguagem simples em cerca de um mês, se nenhuma outra linguagem estiver sendo aprendida ao mesmo tempo.

Mas é preciso lembrar que não basta simplesmente começar a estudar e, logo de cara, dominar a linguagem de programação escolhida. É preciso ter como base conhecimentos sólidos de lógica de programação, um ferramental conceitual fundamental para quem deseja aprender a programar.

Onde aprender a programar?

Na Kenzie Academy Brasil você se torna profissional de programação habilitada(o) a desenvolver funções front e back-end, além de trabalhar durante todos os 12 meses de curso habilidades comportamentais que vão auxiliar seu ingresso no mercado de trabalho.

Com o nosso curso de programação full stack você aprende todas as mais populares linguagens de programação do mercado citadas neste conteúdo e, ainda, como manipular os mais diversos frameworks baseados nelas.

Conclusão

Se você deseja possuir um currículo disputado pelas empresas, deve não somente dominar as linguagens de programação mais básicas, mas também aquelas que estão mais populares no mercado agora .

Para isso, pesquise, participe de fóruns de discussão e esteja em constante contato com outras(os) programadoras(es) mais experientes.

0

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *