Linguagem de Programação

Linguagem de programação: o que é e qual linguagem aprender


As linguagens de programação foram criadas para solucionar qualquer tipo de problema na área tecnológica computacional. 

Acompanhando todas as tendências da tecnologia, elas estão sempre em constante evolução, buscando oferecer as mais modernas ferramentas para as mais complexas tarefas.  

Cada linguagem possui suas particularidades e, no conteúdo de hoje, conheceremos algumas delas e suas principais aplicações.

Vamos lá?

O que é linguagem de programação?

É por onde o hardware (máquina) e o programador se comunicam. 

É uma linguagem formal que funciona por meio de uma série de instruções, símbolos, palavras-chave, regras semânticas e sintáticas.

A linguagem de programação permite que um programador crie programas a partir de um conjunto de ordens, ações consecutivas, dados e algoritmos. 

Esse conjunto faz o controle do comportamento físico e lógico de uma máquina. Existem diversas linguagens, pois também existem diversas formas de transmitir um mesmo comando para alcançar um mesmo objetivo.

Por meio da linguagem de programação, é possível definir uma série de especificidades. 

Entre elas, quais ações o software deve executar, de acordo com cada circunstância variável, quais dados ele deve operar e como esses dados devem ser transmitidos e armazenados. 

Quais são os tipos de linguagem de programação?

Conheça, na lista abaixo, os principais tipos de linguagens de programação:

Paradigma de programação

Um paradigma de programação é uma metodologia que proporciona ao programador visualizar a estrutura e execução do programa.

Paradigma Procedural ou Imperativo

Conceito de programação que envolve as linguagens mais ensinadas, como C, C+, Java e Pascal. Define softwares como uma sequência de comandos para serem executados. 

Paradigma Orientado a Objetos

A  OOP é o paradigma de programação mais popular. É baseado no uso de componentes individuais, os objetos, que fazem parte da composição do software. Reúne linguagens como PHP, Java, Ruby, C# e Python.

Alto Nível

As linguagens de programação também são classificadas em níveis, alto ou baixo. 

De modo geral, as linguagens de Alto Nível são aquelas que mais se aproximam à linguagem humana e, por isso, são as que mais facilitam a vida do programador. 

Elas chegam à máquina por meio do tradutor ou do compilador. 

Tradutor

Como o nome indica, o tradutor interpreta os programas escritos em uma linguagem de programação, traduzindo para a linguagem de máquina do computador. A execução ocorre à medida que são traduzidos.

Compilador

O compilador é um sistema que tem como objetivo traduzir um sistema em linguagem de alto nível para outro de linguagem simbólica. 

Ele deve conseguir desempenhar as etapas de análise (analisar o código fonte) e síntese (sintetizar a linguagem). 

Baixo nível

A linguagem de baixo nível é mais próxima da linguagem de máquina. Essas linguagens têm o objetivo de se comunicar com o computador mais rapidamente, de uma forma mais otimizada.

Linguagem de máquina

É o primórdio das linguagens. É uma sequência de bits, ou dígitos, que é quase impossível de ser entendida pelo ser humano. 

A linguagem de máquina é formada por códigos binários (0 e 1). É também chamada de linguagem de primeira geração. 

Linguagem Assembly

A linguagem Assembly é mais próxima da usada por seres humanos, e, portanto, mais compreensível pelos programadores. 

É importante entender essa linguagem, pois cada família de processadores possui sua própria linguagem assembly.

Para que serve a linguagem de programação?

A função das linguagens de programação é conectar a comunicação entre humanos e computadores. 

Elas são conjuntos de instruções padronizadas, que servem para o computador entender os comandos. 

Quais são as principais linguagens de programação?

Com essa diversidade de linguagens de programação, destacamos abaixo as principais, conheça a importância de cada uma:

Java

Java é uma linguagem muito conhecida, desenvolvida na década de 1990. É orientada a objetos. 

Essa linguagem permite desenvolver softwares que podem ser executados e distribuídos em diferentes plataformas (MAC, Linux, Windows etc.), sem que haja a necessidade de modificá-los ou de focar na arquitetura da máquina.

JavaScript

JavaScript pode ser confundida com Java, mas lembre-se: essas são linguagens totalmente diferentes uma da outra.

JavaScript é uma linguagem de programação criada para navegadores, e é a programação Web mais popular do mercado.

Python

Python é uma linguagem de programação utilizada para fins diversos. Classificada como uma linguagem de altíssimo nível, suporta diferentes paradigmas de programação e conta com grandes recursos. 

O destaque fica por conta da legibilidade do código e da sintaxe moderna. É uma das principais linguagens de programação. 

Linguagem C

Criada em 1972, a linguagem C é derivada das suas antecessoras ALGOL 68 e BCPL. Foi criada por conta da necessidade de escrever programas de forma mais fácil que a linguagem Assembly.

A Linguagem C simplifica o processo de desenvolvimento por ser estruturada e pela sua portabilidade Com recursos de baixo nível, permite a incorporação de códigos Assembly.

Linguagem C++

A linguagem C++ é baseada em C, e foi criada na década de 80. Ela tornou-se uma linguagem muito potente, com capacidade de resolução de problemas altamente complexos. 

Ainda muito utilizada nos dias de hoje, é aplicada nas mais variadas frentes, como editores de imagem ou de texto e jogos. É multiparadigma, tem boa performance e portabilidade. 

Linguagem C#

A linguagem C# (“c sharp”) foi desenvolvida pela Microsoft e lançada em 2002. Um dos recursos da plataforma .NET, esta linguagem foi criada com o objetivo de aprimorar a comunicação entre diferentes tecnologias utilizadas pela empresa.

É uma linguagem orientada a objetos. A sintaxe foi baseada em C++, Java e Object Pascal. 

PHP

PHP é uma linguagem de programação de livre distribuição, que oferece boa performance, portabilidade, e suporte tanto à programação estruturada, quanto à orientação a objetos. 

É uma linguagem de código aberto, liberado para que a comunidade de programadores tenha condições de trabalhar na sua evolução e consultar problemas já resolvidos. 

É utilizada em todo o mundo para criação de sistemas web dinâmicos. 

SQL

A Linguagem de Consulta Estruturada – SQL ou Structured Query Language – é um dos recursos mais conhecidos do mundo. 

É a linguagem padrão para trabalhar com bancos de dados. Suas principais características tiveram como inspiração a álgebra relacional. 

Alguns dos principais sistemas que utilizam SQL são: Oracle, PostgreSQL, Firebird, MySQL, entre outros.

Ruby

A linguagem Ruby foi criada em 1995. É uma linguagem de programação orientada a objetos e de sintaxe simples. 

A proposta do seu criador era criar uma linguagem legível, fácil e agradável. Tem código aberto, que é mantido por uma ativa comunidade de desenvolvedores de todo o mundo. 

Assembly

Assembly é uma linguagem de programação de baixo nível, criada por volta dos anos 50, quando os computadores ainda funcionavam com válvulas. 

É conhecida como linguagem de montagem ou código de máquina, e permite trabalhar diretamente com as instruções do processador.

Perl

Perl é uma linguagem de programação de alto nível. É uma multiplataforma, com código aberto, e de fácil aprendizado. Utilizada para jogos, aplicações web, processamento de textos, programação de redes e assim em diante. 

Esta linguagem conta com recursos que facilitam a manipulação de textos, o que se torna ideal para o desenvolvimento rápido de scripts e para realização de diversas tarefas. 

Google Go

A Google Go foi lançada em 2009, como solução para atender a diversas necessidades do próprio Google. 

De alta performance, é multiplataforma e objetiva ótimos desempenhos tanto da compilação quanto de processamento da aplicação. Tem suporte para Linux, Windows, MacOS e outros.

Swift

Swift é uma linguagem de programação criada pela Apple e voltada ao desenvolvimento de aplicativos para as plataformas da marca, como Mac OS, iOS, Apple Watch e Apple TV.

Essa linguagem tem código aberto e busca proporcionar liberdade para os programadores. Possui sintaxe simples e possibilidade de incorporar códigos em Objective-C.

Visual Basic

Visual Basic é uma linguagem de programação produzida pela Microsoft, como parte integrante do pacote Microsoft Visual Studio.

 Foi um dos primeiros sistemas que trouxeram a praticidade de escrever programas para o sistema operacional Windows.

Linguagem R

R é uma linguagem de programação destinada à computação estatística, baseada na linguagem S. De código aberto, é uma linguagem constantemente aprimorada.

É bastante utilizada por cientistas, estatísticos e cientistas de dados. É multiplataforma, com suporte para sistemas operacionais Linux, Windows e Mac.

Objective-C

Linguagem de programação orientada a objetos que pertence à Apple, a Objective-C é utilizada para o desenvolvimento de aplicações para a plataforma iOS, que engloba iPhone, iPad e iPod Touch.

Qual a linguagem de programação mais popular?

E então, dentro dessa extensa lista que você acaba de conhecer, qual é a linguagem de programação mais popular? 

Primeiro, é preciso ter em mente que cada uma dessas linguagens tem aplicação específica para determinados objetivos. Ou seja, até as linguagens que são, à primeira vista, menos populares, são primordiais para determinados interesses. 

No entanto, uma pesquisa publicada pela SlashData em 2020 mostrou que as linguagens JavaScript e Python lideram as preferências entre programadores. 

Como aprender a programar

A essa altura, com tantas informações, você deve estar se perguntando: afinal, como aprender a programar? Quais são os primeiros passos?

Antes de mais nada, é preciso saber quais linguagens estão mais alinhadas ao que você pretende trilhar no seu caminho profissional. Com essa informação na cabeça, é hora de seguir os próximos passos:

  • Faça um curso aprofundado e completo;
  • Crie um projeto e pratique diariamente;
  • Fique sempre de olho nas novidades do mercado;
  • Acredite no seu potencial;
  • Estude junto com outras pessoas que estão aprendendo;
  • Busque dicas com quem já atua no mercado. 

Sites para encontrar trabalhos remotos

Se você quer entender mais sobre como está o mercado, quais vagas estão mais aquecidas, qual é a remuneração de quem trabalha com as mais diversas linguagens de programação, segue a dica de sites com vagas remotas de programação:

  • Trampos.co: vagas na área de marketing e tecnologia.
  • Freela.io: oportunidades freelancer para desenvolvedores de software.
  • Jobs GitHub: vagas para a área de desenvolvimento e tecnologia.
  • Gun.io: plataforma para desenvolvedores de software. 
  • Gamedev.jobs: oportunidades para quem trabalha com desenvolvimento de games.
  • Stackoverflow.com: vagas remotas em desenvolvimento e programação.
  • Remotar.com: um dos maiores sites de vagas remotas do Brasil.
  • Landing Jobs: vagas na área de tecnologia. 
  • Arc.dev: ajuda desenvolvedores a encontrar trabalho remoto.  

Conclusão

Aqui na Kenzie Academy, você aprende as principais linguagens e tecnologias de programação e sai pronto para o mercado de trabalho em apenas 12 meses.

O currículo do nosso curso de programação full stack abrange tecnologias front end nos 6 primeiros meses de curso e back end nos 6 meses finais. Os 12 meses são divididos em 4 módulos e seu dia a dia será de segunda a sexta-feira, desenvolvendo hard e soft skills.

Aprendizado aprofundado para formar profissionais de excelência!

+1

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *