Técnicas de estudo comprovadas cientificamente

Técnicas de estudo comprovadas cientificamente


Você se lembra aquela vez em que você precisava muito aprender algo, seja para a escola, faculdade, ou um material de estudo independente, e por mais que você tivesse lido e lido novamente o conteúdo, parecia que ele simplesmente não entrava na sua cabeça?

Isso aconteceu porque você não estava usando uma técnica de estudo adequada para você!

Ler por si só é uma parte importante de estudar. Mas ler e utilizar outras técnicas de estudo potencializa a obtenção e retenção de conhecimento. 

Então que tal aprender um pouco sobre essas técnicas de ensino?

A pirâmide da aprendizagem

Em 1964 o educador norte-americano Edgar Dale criou a teoria da “Cone de aprendizagem” através de um estudo que mostrou que depois de duas semanas estudando um tópico, o cérebro humano é capaz de lembrar de 10% do que leu; 20% do que ouviu; 30% do que viu; 50% do que viu e ouviu; 70% do que disse em uma conversa/debate; e 90% do que vivenciou a partir de sua prática.

Mais tarde o psiquiatra também norte americano William Glasser aplicou a teoria de de Edgar Dale para a educação, criando a “Pirâmide de William Glasser”.

A teoria defende que o aprendiz retém mais informação quando ele é um participante ativo em vez de um participante passivo.

Vamos entender melhor sobre alguns pontos dessa pirâmide ?

Quando lemos

Um exemplo prático disso é quando nós somente lemos a documentação de um framework ou biblioteca e paramos por aí. Nesse caso só vamos lembrar de 10% do que nós lemos. 

Mas quando juntamos o que lemos e tentamos colocar em prática, o que lembramos salta de 10% para 80%. Seja fazendo um exercício ou simulando um caso real. O importante é se tornar um participante ativo do próprio aprendizado.

Quando vemos e ouvimos

Melhor que somente ver imagens ou conteúdo, ou só ouvirmos informações, o ideal é combinarmos os dois métodos para aprender, vendo uma exposição ou demonstração.

Todos os dias aqui na Kenzie Academy Brasil nós temos uma demo, que é quando os instrutores aplicam o conteúdo em uma reunião ao vivo, em que podemos participar e fazer perguntas para ampliar nosso aprendizado!

Quando fazemos

Uma grande parte do nosso aprendizado vem de colocar a mão na massa! Por isso, aqui na Kenzie, como parte da nossa rotina, das 11h até às 15h é o horário em que nós temos para realizar os projetos diários que são passados para nós.

Um ponto importante sobre a prática, é que além de nos ajudar a lembrar do que nós estudamos, também nos ajuda a entender o que nós lemos.

Quando ensinamos

A melhor forma de participar ativamente no aprendizado é ensinando. Quando nós ensinamos outras pessoas, além de aprendermos efetivamente o que estamos ensinando, nós também treinamos as soft skills.

Os alunos da Kenzie têm a oportunidade de participar de um Programa de Coaches, em que alunos de turmas mais avançadas são selecionados para dar apoio aos alunos de turmas mais novas.

Quer saber como é a experiência de um coach na prática? A aluna Francielle de Abreu escreveu sobre como tem sido para ela ajudar os alunos mais novos aqui!

Métodos de produtividade

Técnica de Pomodoro

Você provavelmente já ficou algumas horas corridas estudando determinado assunto, e sentiu que depois de um tempo você não conseguia prestar tanta atenção quanto no começo do seu estudo. Certo?

Isso acontece porque depois de um certo tempo, o nosso foco começa a decair junto com nossa produtividade. Um estudo publicado no renomado jornal científico Cognition mostra que a melhor forma de manter o foco em determinada tarefa é adicionando breves intervalos.

Aí que entra a técnica de pomodoro! Uma técnica de gerenciamento de tempo criada pelo italiano Francesco Cirillo, que consiste em dividir uma longa tarefa em períodos de 20 a 30 minutos de foco total, seguidos de pausas curtas de 5 minutos. 

Hoje em dia existem diversos aplicativos que podem te auxiliar com a técnica. Mas vamos entender como ela funciona, passo a passo.

  1. Ajustar o cronômetro para o tempo desejado (geralmente 25 minutos);
  2. Focar somente na tarefa até o alarme tocar. Existem aplicativos que travam os outros aplicativos durante uma sessão de pomodoro, isso pode te ajudar a manter o foco.
  3. Quando o alarme contar, faça um intervalo de 5 minutos e marque em algum lugar o número de intervalos que você já fez.
  4. Quando chegar no quarto intervalo, faça uma pausa maior (de 10 a 30 minutos) e zere a contagem de intervalos.

Flashcards

Como funciona? 

O flashcard é uma técnica muito utilizada por estudantes que estão se preparando para algum concurso ou prova

.

Consiste de um cartão, geralmente de cartolina ou algum material parecido, e em um lado do cartão é escrito uma pergunta ou palavra-chave, e do outro lado a resposta.

Se você estiver estudando mais de uma matéria, é uma boa ideia usar cores diferentes para cada cartão.

Dicas para aumentar sua produtividade

Não se sobrecarregue!

Mesmo quando você sair de uma sessão de estudos sentindo que lembra de tudo e se sentir tentado a continuar estudando ininterruptamente, é importante notar que os intervalos são essenciais para reter na memória o que você está estudando.

Durma bem

Sacrificar a madrugada estudando e dormir poucas horas por dia não ajuda. Além de você estar se sobrecarregando, você também está prejudicando sua saúde.

Faça conexões

Muitos especialistas argumentam que a diferença entre quem aprende rápido e devagar, é a forma como os alunos fazem conexões entre as ideias que estão aprendendo.

Relembre sem reler.

Um estudo mostrou que reler o material diversas vezes pode não ser a melhor técnica de estudo. Em vez disso, tente lembrar do que você estava estudando sem consultar o material de estudo. 

Em conclusão, estudar não é somente pegar uma apostila e ler de capa a capa. Utilizando as técnicas certas, você vai economizar tempo e sentir, de verdade, a produtividade fluir.

Existem diversas técnicas de estudos, mas nenhuma é uma fórmula de sucesso. Um resultado maior pode ser atingido quando você junta as técnicas, mas você ainda pode escolher uma e mensurar qual está sendo mais produtiva para você!

Boa sorte nos estudos e espero ter ajudado!

Leia também:

2+

Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *