Planejamento para a transição de carreira para TI

Transição de Carreira para TI: Como fazer?

Quem nunca cogitou mudar de carreira, após já estar encaminhado profissionalmente? Quem nunca sonhou acordado, pensando: como teria sido se eu tivesse seguido um outro rumo profissional?

Acredito que esse dilema de carreira é muito comum entre a maioria das pessoas. Uma pesquisa realizada pela Isma Brasil mostrou que 72% das pessoas entrevistadas estão insatisfeitas com o trabalho atual.  Mas como saber se devo ou não mudar de carreira? E qual o momento certo para fazer uma transição de carreira?

Meu nome é Júlia, tenho 28 anos e neste artigo quero compartilhar com você, um pouco de como fiz minha transição de carreira da área de Direito para o desenvolvimento web na Kenzie Academy Brasil.

Eu me formei em Direito e quando comecei a advogar, sentia muito prazer em realizar atividades diárias, buscar conhecimento e entender todos os assuntos ligados à área. No entanto, com o passar dos anos, fui percebendo que aquela alegria em concluir uma tarefa difícil já não era mais tão grande, que fazer tarefas corriqueiras, como redigir uma petição, me pesavam como um fardo e eu acabava procrastinando.

Esse incômodo diário, junto com toda essa situação, me fez analisar minha vida pessoal e profissional para buscar uma nova carreira!

Por que escolhi fazer transição de carreira para TI?

O mercado de TI é enorme, está em constante crescimento, porém, há poucos profissionais qualificados.Dados da Associação Brasileira das Empresas de TI (Brasscom) revelam que a área deve criar 420 mil novas vagas até 2024, mas estima-se que, até lá, 150 mil vagas não sejam preenchidas. Isso significa que há um déficit considerável de profissionais, que não está sendo preenchido pelas instituições de ensino.

Além disso, como sempre gostei de assuntos ligados a tecnologia, quanto mais pesquisava sobre, mais ia percebendo que eu queria trabalhar com aquilo. Sempre tive afinidade com tecnologias, informática e afins, e já tinha até cogitado a hipótese de tentar entrar na área de TI, mas tinha desistido da ideia pelo fato de serem 4 anos de curso. Quando conheci a proposta da Kenzie Academy Brasil fiquei muito interessada, principalmente pelo fato de ser apenas um ano de curso, totalmente focado no aprendizado e rendimento. Foi aí que resolvi arriscar, deixando minha carreira de advogada e investindo em uma nova carreira!

Como tomar a decisão de mudar de carreira?

Se você ficou interessado em entender melhor como fiz minha transição de carreira, deixo aqui 3 boas dicas que me ajudaram e que, com certeza, podem ajudar você também:

1. Invista no autoconhecimento

Primeiro, uma boa atividade é anotar no papel quais são as suas melhores qualidades. Tendo isso em mente, é possível buscar carreiras e áreas que estejam de acordo com as suas características. Até porque, o primeiro passo para o sucesso é ser feliz no que se faz. Quando você entende quais são seus pontos fortes e também seus pontos fracos, fica mais fácil descobrir no que você terá sucesso e, consequentemente, o seu propósito de vida fica mais claro.

Por exemplo, se você não tem muita paciência para aprender, entrar na área de programação pode ser difícil pra você. Estudar desenvolvimento web é um constante “aprender com os erros” e exige muita disposição e paciência para rever códigos e consertar muitos bugs 🙂 Hoje em dia, já existem diversas ferramentas online ou até profissionais que podem te ajudar na sua jornada de autoconhecimento! #valeapena

2. Converse e tire dúvidas com profissionais da área

Segundo passo: após ter os seus pontos fortes e fracos bem definidos e, com sua nova área escolhida e alinhada com seu perfil, chegou a hora de você trocar experiências com profissionais que já estão na área, até pra você entender melhor na prática como funciona o dia a dia desse profissional, o que esperar, expectativa salarial, como é a área (se é promissora ou não) entre outras informações.

Essa pesquisa prévia vai te ajudar no alinhamento de expectativas para sua transição de carreira ser mais assertiva!

3. Faça um bom planejamento (tempo e dinheiro)

Terceiro e último passo, porém não menos importante, faça um bom planejamento financeiro. Essa é uma parte crucial, essencial e realmente válida para se ter uma transição de carreira de sucesso.

Caso você faça sua transição de carreira e trabalhe ao mesmo tempo, não esqueça de fazer um bom planejamento de seus horários e gastos e, se for receber ajuda de familiares ou cônjuges, seja claro e objetivo no quanto vai precisar de ajuda e por quanto tempo.

Afinal, se não houver um real planejamento, você corre o risco de ter que deixar seu sonho no meio do caminho. E nada pior do que isso, certo?

Em conclusão, uma transição de carreira nunca é uma decisão fácil. Toda mudança tira você da sua zona de conforto, mas seguindo estes passos, tenho certeza que você estará muito mais preparado e melhor encaminhado para correr atrás do seu novo caminho e viver uma nova experiência profissional que te faça feliz, assim como eu vivo hoje na programação!

Se você gostou desse conteúdo e gostaria de entrar na área de programação, eu recomendo você conhecer mais sobre a Kenzie Academy Brasil! Últimas vagas para a Turma de Outubro.

A Kenzie Academy é uma escola americana de programação para desenvolvedores, em que você estuda por 12 meses, em tempo integral, as principais linguagens do mercado para entrar no mercado de tecnologia atuando como um Full Stack.

Leia também:

0
Escreva o primeiro comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *